Últimos Tweets

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por email.

PRODUZIDO POR:

Fernando J. Soares, biólogo, professor de ecologia, mestre em ensino de ciências e especialista em educação ambiental. Como consultor educacional, trabalha com projetos de pesquisa e avaliação utilizando metodologias mistas, tecnologia da informação e ciência colaborativa.

Contato:

Tel. (51) 92957194
E-mail: biofsoares@gmail.com

Paubrasilia enchinata

Você está em::Home/Paubrasilia enchinata

Paubrasilia enchinata

DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA

Árvore que representa o Brasil recebe nova nomenclatura científica

Exemplar de pau-brasil adulto nas matas do cartão-postal carioca (Foto: arvoresdesaopaulo.wordpress.com)A árvore-símbolo do Brasil ganhou uma nova denominação. Artigo publicado pela revista científica PhytoKeys –  acessada  no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – utilizou sequências de DNA para analisar as relações entre o pau-brasil e 205 outras plantas tropicais com genética semelhante. O resultado foi que o pau-brasil é uma espécie única e, dessa forma, deve pertencer a um gênero distinto.

Intitulada “A new generic system for the pantropical Caesalpinia group (Leguminosae)” a pesquisa teve condução de autores de diversas localidades, incluindo o pesquisador brasileiro Luciano Paganucci de Queiroz, da Universidade Estadual de Feira de Santana. Devido à relevância da espécie, os cientistas batizaram o gênero de Paubrasilia, versão latina do próprio nome da planta. Antes, o pau-brasil pertencia ao gênero Caesalpinia, que engloba as outras espécies envolvidas no estudo comparativo. O nome científico do pau-brasil muda, então, de Caesalpinia enchinata para Paubrasilia enchinata.

Os pesquisadores esperam que a identificação do novo gênero atraia atenção para a atual situação das florestas litorâneas brasileiras. De acordo com informações do artigo, “menos de 7% da Mata Atlântica no Brasil permanecem intactos e, durante trabalhos de campo recentes, foram testemunhadas evidências de tráfico ilegal de pau-brasil”.

O estudo completo pode ser acessado pela comunidade acadêmica brasileira gratuitamente. Para isso, basta buscar uma instituição de ensino ou pesquisa participante do Portal de Periódicos da Capes. O título PhytoKeys pode ser localizado na opção Buscar periódico. A revista científica publica conteúdos revisados por pares e visa disseminar artigos que contribuam com pesquisas e intercâmbio de informações direcionadas a taxonomia, filogenia, biogeografia e evolução de plantas.

fonte: Alice Oliveira dos Santos / Notícias / Periódicos Capes

http://www.periodicos.capes.gov.br/?option=com_pnews&component=NewsShow&view=pnewsnewsshow&cid=432&mn=0

By | 2017-01-17T07:35:04+00:00 janeiro 17th, 2017|Biologia da Conservação, Educação Ambiental|0 Comments

Leave A Comment